Três pedaços de canção quebrada

Numa noite serena e gelada
Eu passei três cafés,
Porque a noite seguia velada
E eu continuava de pé.

Minha graça ficava parada
Numa gota daquilo que é.
Tinha ali três verdades quebradas,
Quando vi já não tinha mais fé.

Pus ali na toalha manchada
Três retalhos de um sonho qualquer.
Foi assim: costurava calada
A esperança que ainda me quer.

2 Sussurros:

Mr. Rickes disse...

Essa musicalidade que me encanta!!!

0/

Zé urbano disse...

Tua graça sempre vai ficar parada na retina que te fitar.Tua graça é retrato de mulher! bj.

Quem sou eu

Minha foto
Sou o verbo: o estado, o tempo e a ação contínua.

Pesquisar este blog